Nossa Tribo!

Mudar, consertar o que você vê de errado ao seu redor não é tão somente um desafio; é uma escolha de vida.

Escolher ficar em casa com os filhos e não trabalhar, escolher trabalhar e não ficar em casa com os filhos…as vezes é escolha, as vezes é falta de opcão. No entanto, numa posição ou na outra você tem a chance de fazer a diferença: na vida de muitas pessoas. Você, mulher que trabalha fora e dentro de casa, sabe das suas dores e delícias; você, mulher que fica em casa dando duro com toda a logística dos filhos, casa, e os escambal também sabe onde seu sapato aperta.

A época de julgar umas as outras já era! Aliás nunca existiu. Sabemos muito bem qual é o desafio: o desafio é conhecermos e convivermos bem com nossas limitações físicas, psicológicas, econômicas. Julgar escolhas é covardia. Achar que uma se dá melhor ou pior que a outra é infantilidade. Percebemos as ‘delícias’ de longe mas e as ‘dores’? Vislumbrar de trás da sua mesa de escritório o playdate no mundo azul, pode ser uma experiência solitária às 10 da manhã, numa quarta-feira! Quem te dera, não é?! E sonhar com aquela ‘business trip’ para a Espanha, uma cama de hotel só para você, uma noite interinha…ah se eu pudesse e meu dinheiro desse!

Um dia desses, num playdate de sábado vocês se encontram…

-Oi sumida! Vi no Face que você estava na Espanha ‘a trabalho’! Puta vidão hein, amiga?!

-Vidão só se for no mundo azul amiga! Você não sabe a quantidade de sapo que eu tive que engolir de cliente, reunião dia e noite, uma m! Dava tudo pra estar com vocês no Pumpkin Patch, parece que foi tão legal!

-Foi bom, mas o filho da fulana estava com vírus de vômito e diarréia e agora tem a maior galera com esse virus!

E por ai vai…dores e delicias!

Não creio que estamos aqui para competirmos umas com as outras, mas para nos abraçarmos e nos darmos forças, caminhando juntas.  A solidão, a ansiedade, a depressão; essas sim são as nossas inimigas!

Quando criei o Café com Abraço, dentre outros motivos, foi também perante um sentimento de inconformismo. Vi muita solidão, depressão, ansiedade, hostilidade, aqui no Vale. Mas, muito mais que isto, eu vi muita gente boa, honesta, capaz e querendo curtir a vida!

Nesse fim de semana, eu pensei muito no Café com Abraço e eu sei que ele existe por um motivo muito maior que a minha rebeldia com o que vi de errado ao meu redor:

O Café existe porque eu preciso de vocês, vocês precisam da gente, somos uma tribo! Nós existimos de verdade, num mundo real, onde enfrentamos a vida juntas, abraçamos nossas diferenças e nos sentimos em casa, compreendidas e amadas – porque ninguém, ninguém vive sem amor.

img_1777

Adri xxx

 

8 thoughts on “Nossa Tribo!

  • Este suspiro que veio do seu coração fez eco e vibrou com o do meu…não vejo a hora de nós revermos todas no próximo Café!
    Viva nós!

  • Otimo texto! Como sempre Adriana!! Vamos firmes e fortes, ajudando e completando umas as outras. Esse eh o segredo da felicidade e do sucesso no Vale! Bjo

  • Que coisa tão linda que vc escreveu Adriana ! Quero, breve me juntar a essa tribo onde a empatia ,a reciprocidade e a fidelidade a quem somos nós de fato faz sentido . Sem esquecer de mencionar que a gargalhada e mandatoria. Life is good !

    • Muito obrigada! E venha sim, junte-se a nos pois esse movimento so esta crescendo, nossa tribo do Café colocando coracao no Vale!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *